Com orientação, empresário do ramo de informática se destaca no mercado

Publicada em 31/03/2015 às 07:26

sebrae

Cheilla Gobi

Após ser demitido da empresa de informática onde trabalhava, Elanho Gil de Souza aproveitou a experiência que tinha e resolveu abrir o seu próprio negócio. Há sete anos, ele e seu irmão, Gilson Gil de Souza, comandam a LEM Informática, situada no município de Luís Eduardo Magalhães, Oeste baiano.

A empresa trabalha com remanufatura de cartucho de tinta e cartucho laser (toner), além de prestar serviços de informática e manutenção em impressoras, oferecendo também produtos como peças para impressoras e computadores. “Como já conhecia a área e tinha uma boa rede de contatos direcionada ao segmento, entendi que esse era o melhor caminho”, explicou Elanho.

Pensando em aperfeiçoar ainda mais a gestão da empresa, os irmãos conheceram diversas capacitações do Sebrae, por meio do Negócio a Negócio, um programa gratuito de atendimento e orientação empresarial. Em 2014, eles receberam três visitas da Agente de Orientação Empresarial do programa, Eliana Wanderley, que aplicou um diagnóstico de gestão básica, abrangendo questões de mercado, finanças e operação. De acordo com Elanho, a agente mostrou ferramentas fundamentais para a organização da empresa. Entre as áreas trabalhadas, ele destaca o atendimento, planejamento financeiro, gerenciamento de estoque e fluxo de caixa.

“Depois da visita do Sebrae, percebemos que, com o programa, poderíamos visualizar nossa empresa em ângulos diferentes e analisar onde melhorar. Hoje, a maneira de administrar ficou transparente e organizada, e isso certamente refletiu num melhor faturamento”, avalia o empresário.

O que mudou?

Logo após a segunda visita da agente e com o Manual de Gestão Empresarial do Negócio a Negócio em mãos, Elanho e o irmão perceberam outras demandas da empresa. Uma delas era o programa informatizado de gestão utilizado, que estava defasado e não atendia mais às necessidades do negócio, sendo substituído por outro sistema.

“Antes, não tínhamos um fluxo de caixa, acompanhamento das vendas e gerenciamento das ordens de serviços. Com as mudanças realizadas, podemos estabelecer metas e tomar medidas administrativas para contenção de custos, além de outras ações para melhorar a captação de receitas e a satisfação do cliente”, detalha o empresário. “Hoje, temos todo o controle de pagamentos, recebimentos, rota e estoque. Devo esse sucesso à capacitação e ao apoio que encontrei no Sebrae”, comemora Elanho.

Outra mudança ocorrida foi na estrutura da loja e layout do negócio. Os móveis antigos foram substituídos por novos, permitindo uma melhor distribuição física do local para a execução das atividades. “Essa inovação chamou a atenção dos nossos clientes, que hoje contam com uma sala de espera, com café, água e TV”, esclarece Elanho.

De acordo com ele, a empresa executou também algumas modificações na área de marketing. “Mudamos a fachada da nossa loja, o que tornou o ponto mais atraente. Foram dois meses de panfletagem, e adquirimos um carro de som próprio, o que tem ajudado muito na divulgação da nossa empresa. Essas medidas impactaram nas receitas e, hoje, a empresa já se destaca no mercado”, frisa.

Seguindo o cronograma de atividades de programa, a empresa receberá, em outubro de 2015, mais três atendimentos do Negócio a Negócio. O gerente regional do Sebrae em Barreiras, Emerson Cardoso, destaca a iniciativa para ampliar a capilaridade do atendimento da instituição. “Conhecemos in loco as necessidades dos clientes, discutimos possíveis alternativas e apresentamos nossas soluções. O resultado tem sido muito satisfatório e, por isso, continuamos investindo nesta estratégia”, enfatiza Cardoso.

Capacitações

Elanho conhece o Sebrae há 10 anos e já fez diversos cursos na instituição, como Gestão Empresarial, Segurança do Trabalho e Legislação Trabalhista, que, somados ao Negócio a Negocio, modificaram a estrutura da empresa e possibilitaram o aumento do faturamento.

Segundo ele, o próximo passo é expandir os serviços. Para isso, continuará a agenda de cursos e capacitações. “Buscamos sempre o crescimento e, com qualificação, conquistamos mais espaço no mercado. Os cursos nos tornam profissionais mais produtivos”, ressalta. Para este ano, o foco da empresa dos irmãos Gil será a qualificação dos seus colaboradores, principalmente em cursos voltados para o atendimento.

Como funciona

Em 2014, no Oeste da Bahia, somando as duas ações do Negócio a Negócio – o Atendimento Territorial, que atua em 26 cidades, e o Território da Cidadania do Velho Chico, que abrange 16 municípios –, foram realizados mais de 10 mil atendimentos (in loco nas empresas).

A consultora do Sebrae no Negócio a Negócio, Gardênia Cunha, explica que por meio do programa, o empresário recebe indicações de soluções que contribuem para melhorar o resultado da empresa. “O caderno de ferramentas que é entregue ao empresário contém modelos básicos de planilhas, textos, procedimentos e orientações disponibilizadas de forma clara e simples, para serem aplicadas no negócio e se fazer uma boa gestão”, destacou.

Mais informações sobre o programa podem ser obtidas no ponto de atendimento do Sebrae em Barreiras, localizado na Avenida Benedita Silveira, n° 132, Edifício Portinari, Centro. Telefones: (77) 3611-3013/4574.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br