Planejamento é fundamental numa viagem para o exterior

Publicada em 24/10/2018 às 08:01

Viajar para outro país requer muita atenção, planejamento e organização. Quem pensa que só é comprar passagem, fazer a mala e embarcar está muito enganado e pode transformar essa experiência numa grande dor de cabeça.

Escolher a data da viagem e o destino é o ponto de inicio para começar o planejamento, porque isso permitirá saber o clima e conhecer os costumes do lugar, para saber o que levar dentro da mala.

Por outro lado, cada país tem as suas exigências e requisitos quanto aos turistas estrangeiros. Há países que exigem visto, outros exigem vacinas, e é por isso que tudo deve ser organizado com suficiente antecedência: um visto requer tempo para solicitação e uma vacina pode provocar uma pequena reação de febre que vai requerer tal vez um dia de repouso…

Vale lembrar que existem diversos tipos de vistos, como de estudos e negócios, mas o mais comum é o visto turístico. Independentemente da necessidade ou não de visto, é bom revistar a data de validade do passaporte, que deve ser, como mínimo, valido até a data da volta, inclusive!

Se for alugar um carro no exterior, será necessário possuir carteira internacional de motorista e um cartão de crédito válido, que deve ser da pessoa que for dirigir o carro alugado.

É bom saber também qual é a corrente elétrica do destino turístico, para levar o que for necessário para recarregar os aparelhos eletrônicos como celulares, tablets, notebooks e câmeras fotográficas.

Existem atrações de todo tipo em todos os lugares turísticos, portanto, é aconselhável comprar o ticket antes de embarcar, para não perder tempo em filas e poder aproveitar o passeio de imediato!

Detalhes importantes que os turistas costumam esquecer –ou não prestar muita atenção- é o item medicamentos e dados das embaixadas ou consulados brasileiros no país de destino:

Quem toma remédios diariamente por causa de doenças como hipertensão arterial, colesterol ou taquicardia, sabe que não pode deixar de tomá-los mesmo nas férias. Por isso, é aconselhável levar esses remédios que toma diariamente, como também remédios para dor de cabeça, estômago, antiinflamatórios e remédio para enjôo. Mesmo quem não toma nada deve pensar que os imprevistos acontecem, e é sempre bom ter por perto aquele comprimido que é conhecido e usado em casa.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br