O amor que salva vidas

Publicada em 26/11/2018 às 07:46

Por Thianne Lira

O Hospital do Oeste (HO), localizado no município de Barreiras, realizou nesta sexta-feira, 23, sua primeira captação de órgãos após seis anos. O nobre gesto da doação foi uma iniciativa dos pais do pequeno E.A.S., de apenas três anos, que teve o diagnóstico de morte encefálica confirmado na última quinta-feira, 22, após complicações em virtude de uma crise convulsiva. “Meu filho irá ajudar pessoas que estão precisando desses órgãos para continuarem vivas. Sabemos que esse ato é o milagre que muitas dessas famílias pediam a Deus”, comentou emocionado Maurício Pereira, pai do doador.

A captação teve início às 08h05, no centro cirúrgico do HO, foi concluída às 09h01 e contou com a participação da Comissão Intra-hospitalar de órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) do Hospital do Oeste e da equipe médica da Central de Transplantes. Ao todo foram retirados quatro órgãos, sendo dois rins e duas córneas. Até quatro pessoas poderão ser beneficiadas com a doação. Os órgãos captados foram levados para Salvador e, posteriormente, serão destinados aos seus respectivos receptores.

De acordo com o Ministério da Saúde, de janeiro a junho deste ano foram registrados 55 transplantes no estado, colocando a Bahia em 9º lugar no ranking nacional de doação de órgãos. Ainda segundo o ministério, o órgão com maior número de pacientes na fila de espera é o rim. No total, 27.741 pessoas aguardam por um transplante de rim no país. Em seguida vem córnea, com 10.256 pacientes em espera, e fígado, com 1.962 mil.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br