Brejolândia: Após paralisação dos professores, secretária de educação chama grevistas para dialogar

Publicada em 09/11/2017 às 07:45

 

Da redação JornalNF | Fotos divulgação APLB/Brejolândia

Após os professores de Brejolândia paralisarem suas atividades nos últimos dias 07 e 08, a secretária de Educação do município, Talita Morgana Araujo Jorge, chamou os grevistas para dialogarem sobre as reivindicações dos grevistas.

A reunião entre integrantes da Prefeitura e da diretoria do Núcleo Sindical da APLB/Brejolândia ocorrerá às 14h de hoje, 09.

Os professores reivindicam da Prefeitura auxílio educação dos professores em exercício que foi retirado do salário no valor de R$ 250,00; a diminuição da carga horária na sala de aula de 20h semanais segundo a lei 11.738-08 que se se estipula 1/3 de carga horária ema atividades extra classe; as faltas duplicadas nos proventos referidos de cada mês que vem acontecendo nos salários dos servidores; recebimento do PRECATÓRIO DO FUNDEF, dos anos de 1998 a 2006, hoje FUNDEB; a implementação do plano de carreiras dos servidores da educação; elaboração e a retificação do concurso público sobre as vagas dos profissionais na área da educação (magistério).

Com uma população estimada pelo Senso de 2010 em 11.127 habitantes, a cidade conta com aproximadamente 143 profissionais da educação em atividade. Com a paralisação, 1.400 alunos estão sem aulas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br