Barreiras: Oeste Genética supera os R$ 5 milhões em negócios

Publicada em 14/12/2016 às 10:58

Ascom Acrioeste

A 4ª Oeste Genética e o XIV Fórum de Pecuária do Oeste da Bahia superaram as expectativas dos organizadores. Promovidos em parceria entre a Associação dos Criadores de Gado do Oeste da Bahia (Acrioeste), Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras (SPRB) e a Prefeitura Municipal de Barreiras os eventos foram realizados no Tathersal do Parque de Exposição Engenheiro Geraldo Rocha, em Barreiras, entre os dias 24 e 28 de novembro.

Uma gama de leilões, cursos e palestras consolidaram a Oeste Genética e o Fórum de Pecuária entre os principais eventos de transferência de genética bovina do Oeste da Bahia.

Segundo Stefan Zembrod: presidente da Acrioeste, a Oeste Genética desse ano superou as expectativas, em qualidade de animais ofertados, financeiramente, participação popular, cursos e palestras. Outro ponto chave que vale ressaltar foi a parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras na promoção do 1º Fórum Agroindustrial Oeste do Estado da Bahia. “Essa junção – pecuária e agroindústria – é muito importante para consolidarmos ainda mais a pecuária no Oeste da Bahia. Quando o pecuarista consegue trabalhar todas as fases da cadeia produtiva, da criação a industrialização, ele consegue agregar valor final ao seu produto”, disse Zembrod.

Outro motivo de comemoração foram as vendas feitas para outros estados. “Três leilões foram transmitidos pelo Canal do Boi e a aquisição feita por pecuaristas de outros estados comprovou a qualidade do rebanho ofertado”, ressaltou o presidente da Acrioeste, enfatizando o elogio recebido de criadores de regiões tradicionais na criação de gado com genética superior, como Uberaba, no Triângulo Mineiro e Mato Grosso do Sul. “Isso só comprova que a pecuária praticada no Oeste da Bahia é igual ou em muitos casos até superior ao dessas regiões”, concluiu.

Para Mário Mascarenhas, que além de diretor financeiro da Acrioeste é empresário do ramo farmacêutico e pecuarista em Barreiras, apesar do ano atípico que vivemos, com crise política, econômica e hídrica, a Oeste Genética surpreendeu pelo volume de negócios efetuados. “Foram comercializados mais de R$ 5 milhões durante a feira entre leilões, insumos e equipamentos. Além disso, as palestras que abordaram especificamente a genética em bovinos trouxeram um diferencial muito importante e incentivaram o criador a adquirir animais elites ofertados na feira. Esses animais são capazes de proporcionar, de um ano para outro, um ganho em torno de 50% na melhoria de seu rebanho”, disse Mascarenhas, lembrando de outro ponto interessante da feira que foi a integração entre os pecuaristas, facilitando a comercialização pós evento.

O diretor financeiro da Acrioeste aproveita o ensejo para convocar os criadores para se associarem na entidade. “Quanto mais forte for a Acrioeste, mais sólido vai ser o grupo e mais eventos desse porte poderão ocorrer na região”, reforçou.

Quem também estava satisfeito com os resultados da Oeste Genética deste ano foi o empresário Antonio Balbino de Carvalho Neto, da Antonio Balbino Empreendimento Agropecuários. Oriundo de uma família tradicional na criação de gado no Oeste da Bahia, Balbino foi o responsável pela condução do 11º Leilão de Prova de Ganho em Peso à Pasto, prova oficial da Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ). “A Oeste Genética deste ano teve a graduação de três leilões com transmissão ao vivo pelo Canal do Boi, fato que mostrou para o Brasil inteiro o trabalho de genética que é feito aqui na região e a oferta desses animais em escala para o país mostra quanto o Oeste da Bahia pode colaborar nesse sentido. Particularmente no Leilão da Prova de Ganho em Peso à Pasto, revelaram uma safra nova de tourinhos, animais jovens que vem superando em termo de qualidade genética, com preços acessíveis, tendo uma boa parcela deles espalhada por diversas regiões do Brasil”, comemorou o pecuarista. Balbino afirmou ainda que em relação ao leilão do ano passado e o deste ano, o faturamento em vendas mais que dobrou. Quem perdeu a chance de adquirir animais com genética superior este ano, só resta agora se programar e reservar espaço na sua agenda para a 5ª Oeste Genética e XV Fórum de Pecuária do Oeste Baiano em 2017.

2 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br