Barreiras: Carreta que transportava Nitrato de Amônia tomba na Serra do Saco

Publicada em 11/01/2017 às 11:11

Da redação JornalNF | Fotos divulgação redes sociais

Uma carreta carregada de Nitrato de Amônia tombou na manhã de hoje, 11, na Serra do Saco, trecho da BR 242, em Barreiras, Oeste da Bahia. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, em função do acidente, parte da pista precisou ser interditada, uma vez que o Nitrato de Amônia, quando exposto a altas temperaturas, pode liberar gases tóxicos.

Ainda de acordo com a PRF, garoava na hora do acidente. “O motorista tombou a carreta após perder o controle da direção porque a pista estava molhada”, informou a PRF, ressaltando que apesar do susto, a carga não vazou e o motorista da carreta saiu ileso do acidente.

Uma viatura do Corpo de Bombeiros foi acionada para acompanhar de perto caso o produto começasse a derramar na pista.

 

 

2 Comentários

  1. joão de deus ferreira disse:

    A SECA

    A seca é um fenômeno cruel, que está corroendo até aquele pouquinho de dinheiro da alimentação de milhares de famílias. O povo brasileiro está sendo humilhados por políticos incompetentes, que não tem um só projeto para lhes tirar dos inúmeros buracos que vocês estão sendo lançados.
    O Governo Federal está nos conduzindo a um caminho sem volta, quem tem fome não pode esperar, o Gov. Federal se esconde quando falamos em meio ambiente, que é o meio mais barato para se criar empregos para os menos esclarecidos, eles não se interessa e não sabem quais são as necessidades que estão sofrendo o povo pobre em todo Brasil.
    A fome, a saúde, o desemprego, e o medo de andar pelas ruas, lhes proporciona uma grande sensação de estar condenados por um crime que não comentemos.
    O Governo Federal autoriza Agro- negócio a produzir proteínas que está adoecendo os consumidores de peixes e crustáceos produzidos em cativeiros, e sem fiscalização sanitária, quando vocês encontrar animais com tamanho menor que o de costume, é descarte, bem como a inflação baixa, é desova de mercadorias antigas, enxugando os estoques, todo doente quando está perto de morrer tem uma saudezinha, por isso a alegria do TEMER. TEMER você sabe que no BRASIL tem muita gente passando fome com suas ideias.
    Com a falta de hombridade dos políticos para com seus eleitores, eu JOÃO DE DEUS FERREIRA, aconselho a todos os Nordestinos e Sudestinos a procurar Governo do seu estado, Empresas, juntamente com suas associações comerciais, para ajudar a recuperar alguns rios importantes em seu estado. Como rios água dos ferros, Cachoeiro, Cocó, Jequitinhonha, Ipojuca, Jucu, Formate, Guandu, Paraíba, Paraíba do Sul, Poxim, Potegi, Poty, São Francisco, Velho Monge, e etc.
    A minha maior tristeza é saber que um rio que passa por dois estados importantíssimos estão deixando o rio poty morrer, o rio poty está com dificuldade de dissolver as escorias dos movimentos das rochas, e esgotos, por esta ação os peixes e os crustáceas estão morrendo, e se não cuidar com rapidez os gases poderão ganhar aquecimento e além do mais, o rio Poty não está produzindo alimento para os seus viveres por falta de vegetais nas suas margens, incluindo o cânio. Piauí E CEARÁ vamos ou não vamos cuidar do rio POTY responda a sociedade?
    EU JD conheço um vizinho que pode fazer um cinturão verde no rio poty, e produzir alimento para matar a fome de ricos e pobres, e aumentar o volume de água como antes, e fazer esta região se desenvolver com empregos.
    Espero que cada jornal envie este para seu Governo e associação comercial.

    O PODEROSO DEUS ESTÁ REUNINDO A SUA IGREJA E LÁ NÃO TEM SACOLINHA.

    JOÃO DE DEUS FERREIRA O HOMEM.

  2. JOSE CÍCERO disse:

    Graças a Deus nenhuma vítima.

Deixe o seu comentário!

*

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br