Após agressão a servidoras, Sindsemb cobra medidas de segurança e melhores condições de trabalho nas unidades de saúde

Publicada em 28/04/2017 às 08:01

Ascom Sindsemb

O Sindsemb oficiou a Prefeitura de Barreiras ontem, 26, cobrando mais segurança aos profissionais de saúde de Barreiras que trabalham nas unidades de saúde, após duas servidoras serem ameaçadas e agredidas durante o expediente.

A presidente Carmélia da Mata, encaminhou os documentos ao governo municipal com cópia do Boletim de Ocorrência Grave registrado por uma servidora lotada no Posto de Saúde Herculano Farias, que foi surpreendida com um soco na face, após informar que a paciente deveria aguardar o atendimento. Outro boletim, foi registrado por uma servidora do Posto de Saúde Jayme Lima, que sofreu agressão verbal sendo protegida por colegas de trabalho.

“Estamos mais uma vez solicitando que medidas de segurança sejam reforçadas nas unidades de saúde. Precisamos de uma ação urgente, não podemos expor os servidores a agressões verbais e físicas, temos que zelar pela qualidade e integridade física desses colaboradores municipais”, enfatizou Carmélia.

Em oficio, o Sindsemb  solicitou urgência de vigilância nessas unidades. Informou ainda que diariamente recebe denúncias e reclamações de outras unidades de saúde e escolas, que ainda não estão com equipes de segurança patrimonial.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br