Abertas inscrições para 2ª chamada do edital de Mobilidade Artística Cultural

Publicada em 06/03/2018 às 09:15

Fonte: Ascom/Secult

A Secretaria de Cultura do Estado (Secult) divulga a abertura das inscrições para a segunda chamada do Edital de Mobilidade Artística Cultural de 2018, de 7 de março até 5 de abril de 2018. Com o apoio financeiro do Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA), o Edital de Mobilidade Artística Cultural contempla as categorias Residência, Formação, Intercâmbio e Difusão Cultural.

Para o superintendente de Promoção Cultural da Secult, Alexandre Simões, o edital de Mobilidade Artística Cultural se destaca por potencializar a fruição e o trânsito dos artistas, produtores e fazedores de cultura da Bahia. “É um edital que diretamente agrega a formação dos agentes culturais e contribui para que o celeiro cultural baiano, em suas diversas formas e segmentos possam transitar pelo mundo”.

O edital de Mobilidade Artística é um imprescindível e singular programa de fomento que se destaca no âmbito nacional por se destinar a promover o intercâmbio e a formação de artistas, criadores, produtores, gestores e agentes culturais da Bahia. As propostas para a 2ª chamada devem ser executadas fora do estado ou do país, com data de realização a partir de 20 de agosto de 2018. As propostas devem ter o valor limite de até R$ 50 mil para projetos nas linhas de Intercâmbio e Difusão; e até R$ 25 mil para projetos de Residência Artística e, Formação Artística e Cultural. O valor total disponível para a 2ª Chamada do Ato Convocatório é de R$ 250 mil.

Para realizar as inscrições o proponente deve acessar o sistema Clique Fomento, disponível no endereço http://siic.cultura.ba.gov.br e, após a inscrição, clicar no botão ENVIAR. É importante que antes de ENVIAR, o candidato cheque todas as exigências dos documentos necessários, devendo incluir os anexos na formatação exigida.

O edital também prevê que seja realizada uma Atividade Complementar Obrigatória que tem a finalidade de apontar ações de Contrapartida, sem ônus para a Secult, a ser promovida pelo proponente contemplado com no edital. Para as residências artísticas e culturais, o edital contempla a permanência fora do estado ou país de domicílio, por um período mínimo de seis semanas. Para as formações artístico-culturais, o edital prevê a participação de artistas ou profissionais da cultura em cursos, oficinas ou estágios, fora do estado ou país de domicílio, em entidades de referência no domínio das artes e/ou da cultura.

No aspecto de intercâmbio e difusão, o edital proporciona a troca de conhecimentos e experiências, bem como a circulação e a distribuição de produções artísticas e culturais em outro estado brasileiro ou país, contemplando a participação de artistas e profissionais da cultura podendo a viagem destinar-se a apresentação de trabalho próprio; circulação de artistas ou grupos baianos; pesquisa e prospecção; promoção de bens e serviços culturais (participação em feiras setoriais); construção e dinamização de redes, entre outros.

Apoio

O apoio destinado à qualificação consolida a institucionalização das políticas de intercâmbio e a difusão da cultura baiana no mundo pelo Governo do Estado. Promove os bens culturais e criações artísticas baianas e dá suporte à presença desses produtos culturais nos mercados de interesse econômico e geopolítico.

A Secretaria de Cultura lança ao menos três atos convocatórios, por ano, mantendo o fluxo contínuo desde a sua regulação, em 2010. A primeira Chamada de 2018 encerrou as inscrições em 24 de janeiro de 2018, também disponibilizando R$ 250 mil. O programa, que tem se aprimorado ao longo dos anos, apresenta resultados positivos. De 2015 até 2017 já foram investidos cerca de R$ 2 milhões. Todos os atos convocatórios são divulgados nas redes sociais e site da Secult.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*

JORNAL NOVA FRONTEIRA
Rua 19 de maio, 103 - Centro - BARREIRAS - BAHIA
Fone: (0xx77) 3611-8811 Email: comercial@jornalnovafronteira.com.br